Momentos

Cada momento de vida é uma caixa de surpresas
E numa dessas que eu abri encontrei-te a ti.

Porque só em silêncio sou capaz de deslumbrar o som das emoções
Dou por mim de olhar fixo nos traços do silêncio
Contemplando a melancolia dos suspiros que me invadem
Como fragmentos incertos de pensamentos inacabados

Atrás de cada segundo está um sorriso escondido
Numa ansiedade de te ver, de te ter,
Numa necessidade quase louca de te tocar,
Um sentimento, um querer, uma vontade,
Um anseio de fugir e de me perder nos teus braços,

Para na plenitude do teu corpo desvendar segredos e desejos,
Sensações jamais antes sentidas, delírios, recordações esquecidas,
O teu perfume, o teu cheiro, a tua pele na minha pele unidas,
O teu corpo no meu numa transpiração harmoniosa de amor,

E depois de saciar a minha sede,
Como menino sonhar nos teus braços
Sentindo a minha alma encontrar a tua,
Agora e para sempre unidas naquele momento mágico.

7 comentários:

Minerva disse...

Saudades de entrar aqui e ler-(te)

Bjs

EMN disse...

Continuas com o "DOM"
Fico contente.

Beijo meu

emn***

(Un)Hapiness disse...

que momento lindo esse

Nathy Verony disse...

linda seu poema.

adorei seu blog.

bjao

Minerva disse...

Desejo-te um excelente ano de 2009.

Bjs

Amanda disse...

sempre intenso...

beijo-te

☆ tenshicris ☆ disse...

Sinto-me triste por não conseguir postar no meu blogue, sei que este blog é parte de mim e nunca o vai deixar de ser, mas o estado de espirito que me inspirava a cultivar este meu espaço não habita em mim com a frequencia e a influencia em que há uns tempos o fazia ...
Fica uma parte do meu passado, cheio de novas forças e novas pessoas, cheio de perguntas sem respostas, cheio de caminhos que me levaram até mim... Em breve terei um novo espaço onde levarei todos aqueles que mantive debaixo de olho nomeu blog e que me ajudaram de uma forma ou de outra … Beijinhos e um Grandaaa Obrigada!!! 